You are currently browsing the monthly archive for agosto 2008.

1 ) Praticar a generosidade e a caridade. Governantes, políticos, pessoas públicas (homens e mulheres) não devem sentir avareza nem apego pela riqueza e muito menos pela propriedade, devem doá-la(s) para o bem-estar público.

2 ) Ter um elevado caráter moral, ético e com virtudes. Nunca deve destruir vidas, trapacear, roubar, explorar outros, dizer mentiras.

3 ) Sacrificar tudo pelo bem do povo. O governante deve estar disposto a sacrificar toda a comodidade pessoal, assim como o nome, a fama e, se necessário, a vida em benefícios dos governados.

4 ) Honestidade e integridade no desempenho de suas funções, estar livre do medo e de todo favor, deve ser sincero em suas intenções e não enganar o povo.

5 ) Amabilidade e doçura. Deve ser afável com todos em seu trato.

6 ) Costumes austeros. Deve levar uma vida simples, não se deixar subjugar pelo luxo e deve praticar o autodomínio.

7 ) Ausência de ódio, de má vontade e de aversão. Não deve guardar rancor a nada.

8 ) Não-violência. Significa não causar dano a quem quer que seja. E também esforçar-se, em suas obrigações, a promover a paz, evitando as guerras e tudo aquilo que implique a destruição de vidas.

9 ) Paciência, indulgência, perdão, tolerância, compreensão. Deve ser capaz de suportar, sem encolerizar-se, toda sorte de penúrias, dificuldades e insultos.

10) Não-oposição e não-obstrução. Significa que o governante não deve opor-se à vontade do povo, nem obstruir nenhuma vontade que tenda ao bem-estar da população. Deve, em outras palavras, governar em harmonia com o povo.”

Extraído do livro Lo que el Buddha enseño (Título original: What The Buddha Taught), de Walpola Rahula, Editora Kier, Buenos Aires, 1978, páginas 116-117. O autor, já falecido, era um conceituado monge budista do Sri Lanka, professor e pesquisador visitante das Universidades de Londres e Sorbone, Paris.

Observação: Buda era um estadista, um príncipe. Nasceu e se criou presenciando e participando das decisões palacianas com o pai e os ministros, até os 29 anos. Esta face social e politizada do Budismo é pouco divulgada no Brasil. Maiores detalhes ver o blog http://budismoprimordialrio.blogspot.com

Anúncios

MAPA GLOBAL DAS ZONAS MARÍTIMAS MORTAS

O mapa mostra a distribuição de mais de quatrocentos pontos de “zonas mortas (“dead zones”) – que são regiões dos mares com o oxigênio muito reduzido – principalmente por poluição de fertilizantes, queima de combustíveis fósseis e esgotos.

Existem no hemisfério norte, e mais recentemente também foram encontrados no hemisfério sul. Isto impede a vida de muitas espécies marinhas, nestes locais.

Ler a Reportagem (em inglês)

The Secret – Planet Earth

372 Jizos pela Paz

A partir de setembro de 2004, passei dez meses no Zen Center de Los Angeles. Tive a oportunidade de participar no projeto “Jizos pela Paz” (“Jizos for Peace”), contribuindo com este desenho feito sobre tecido bastante simples e nada artí­stico.

Abaixo informações do site do projeto:

“Os dias 6 e 9 de agosto /2005 foram o 60º aniversário do lançamento das bombas atômicas sobre as cidades de Hiroshima e Nagasaki no Japão. Em homenagem às aproximadamente 270.000 pessoas que morreram durante ou logo após os bombardeios, membros do Great Vow Zen Monastery levaram mais de 400.000 imagens de Jizo para Hiroshima e Nagasaki – mais de um Jizo para cada homem, mulher ou criança que morreu em decorrência  das bombas atômicas.

“Painéis de arte, “banners”, origami, estatuetas de cerâmica e “patchworks” com imagens de Jizo foram criados dentro do coração de uma pessoa, para tocar o coração de outra.”

Jizo

“Geralmente apresentado na forma de um protetor espiritual sábio e bondoso, Jizo é considerado o guardião das pessoas mortas. Cuida dos viajantes, é o protetor das mulheres e das crianças e também ajuda os doentes. As qualidades de Jizo são a compaixão, o otimismo e a bravura.

“Durante a criação de um Jizo, o artista envia pensamentos de paz para o mundo. Nossa esperança é que a compaixão e a paz elevarão não somente o artista, mas a cada pessoa a quem elas forma dirigidas.”

Seja Patrocinador do Darma

free stats

Visitas

  • 33,101 visitas

Visitas desde 6 out 2010

agosto 2008
S T Q Q S S D
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
%d blogueiros gostam disto: